Páginas

Bem-vindos

Ano letivo 2014-2015
Professores Ana Raquel Ferreira e Susana Raquel Marques

Ano letivo 2012/2013 - 2013/2014

Professoras Gabriela Capelas e Ana Raquel Ferreira

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Dia zumbástico

Hoje de manhã tivemos uma atividade muito divertida!!

O professor Rafa veio dar uma aula de zumba aos alunos das turmas do 1ºA e do 1º/2ºB, no âmbito do projeto Amadora em Movimento.

Os nossos alunos não podiam faltar!

Vejam o vídeo e zumbem também.



video

domingo, 12 de abril de 2015

Entrega do trabalho para o Concurso Escola Alerta 12ª edição







A entrega do nosso trabalho para ser avaliado pelo júri de escola já está concluída....agora os júris têm até ao dia 17 deste mês para decidirem a pontuação e o enviarem posteriormente para a sede do INR.

Uma vez entregue, o júri nacional tem 30 dias para avaliar todos os trabalhos a concurso.


No dia 29 de maio será a festa de entrega dos prémios na Escola Básica Fialho de Almeida, do Agrupamento de Escolas de Cuba no distrito de Beja.


Para mais informações consultem o site do INR:


http://www.inr.pt/content/1/3344/escola-alerta-edicao

terça-feira, 7 de abril de 2015

Regresso às aulas

Hoje regressamos às aulas e demos as boas vindas ao terceiro período da melhor maneira!!

Acompanhamos a turma da professora Edite numa visita de estudo ao castelo de S. Jorge, onde aprendemos muitas coisas, apreciamos paisagens magníficas e vimos belíssimos pavões...

Acompanhem-nos na nossa viagem!




O castelo foi construído pelos muçulmanos em meados do século XI e era o último reduto de defesa para as elites que viviam na cidadela.


Após a conquista de Lisboa, em 25 de Outubro de 1147, por D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, até ao início do século XVI, o Castelo de S. Jorge conheceu o seu período áureo enquanto espaço cortesão. Os antigos edifícios de época islâmica foram adaptados e ampliados para acolher o Rei, a Corte, o Bispo e instalar o arquivo real numa das torres do castelo. Transformado em paço real pelos reis de Portugal no século XIII, o Castelo de S. Jorge foi o local escolhido para se receberem personagens ilustres nacionais e estrangeiras, para se realizarem festas e aclamarem-se Reis ao longo dos séculos XIV, XV e XVI.

Com a integração de Portugal na Coroa de Espanha, em 1580, o Castelo de S. Jorge adquire um carácter funcional mais militar, que se manterá até ao início do século XX. Os espaços são reconvertidos, outros novos surgem. Mas, é sobretudo após o terramoto de Lisboa de 1755 que se dita uma renovação mais substantiva com o aparecimento de muitas construções novas que vão escondendo as ruínas mais antigas. No século XIX, toda a área do monumento nacional está ocupada por quartéis.

Com as grandes obras de restauro de 1938-40, redescobre-se o castelo e os vestígios do antigo paço real. No meio das demolições então levadas a cabo, as antigas construções são resgatadas. O castelo readquire a sua imponência de outrora e é devolvido ao usufruto dos cidadãos.

Já no final do século XX, as investigações arqueológicas promovidas em várias zonas contribuíram, de forma singular, para constatar a antiguidade da ocupação no topo da colina e confirmar o inestimável valor histórico que fundamentou a classificação do Castelo de S. Jorge como Monumento Nacional, por Decreto Régio de 1910.

Os testemunhos dessas vivências do passado são, agora, dados a conhecer na Exposição Permanente e visitáveis no Sítio Arqueológico.

                                                          (informações recolhidas de http://castelodesaojorge.pt/historia/ )




Aqui estamos nós a subir em direção ao castelo! Um pouco de ginástica matinal só faz bem...




Na entrada passamos por uma imponente torre que nos deu as boas vindas.




Antes da visita estivemos a lanchar e a conviver um pouco. Aproveitamos para descansar pois a subida ao castelo cansou-nos um bocadito.


Depois fomos ver os arredores da cidade de Lisboa e todo o movimento que em torno dela gira.


Tiramos umas fotos para recordar...





Somos muito fotogénicos!




Vimos os canhões que serviam para proteger de invasões. Eles são feitos de ferro e são mesmo muito antigos e resistentes...aguentaram bem connosco!


Daqui conseguimos ver a ponte 25 de Abril e imensos edifícios e pontos históricos da cidade...


Um momento alto da nossa visita foi a corte de um pavão a uma possível pretendente...foi um espetáculo digno de ser visto...e adivinhem lá que havia outro pavão com ciúmes!!! Sabem onde?


Em cima de uma árvore! Dá para acreditar?


Os pavões gostam de se pavonear e nós gostamos de os ver por lá a passear...




Tiramos uma foto de grupo com uns belos sorrisos que davam bem a entender a alegria que reinava entre nós.




Também tiramos uma foto só do grupinho da sala da Unidade..a começar pela esquerda temos: A assistente Bela e as docentes Susana e Ana. Sentados no banco estão a Beatriz, a Tânia, o Jesualdo e o Eliseu. Infelizmente o Francisco não conseguiu vir...



Já de saída do castelo, vimos um homem-estátua e tiramos uma fotografia com ele..estavamos bem protegidos!!!




Na descida para o autocarro fizemos uma breve paragem num miradouro e para nossa surpresa estavam dois grandes paquetes ancorados...por isso víamos tantos turistas!!!

Lisboa é uma cidade linda, pitoresca e muito movimentada...




Concurso Escola Alerta

O prazo de entrega dos trabalhos para que as escolas possam participar no Concurso Escola Alerta, 12ª Edição, promovido pelo INR está quase a terminar!

Mas o que é este concurso?







O Concurso “Escola Alerta!”, desde 2003, tem como objetivo essencial mobilizar a comunidade educativa para a igualdade de oportunidades, a não discriminação e os direitos humanos, em particular os direitos das pessoas com deficiência.

O Concurso é dirigido às escolas dos ensinos básico e secundário do Continente e das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, as quais deverão remeter a este Instituto os trabalhos por elas selecionados, havendo lugar à atribuição de prémios nacionais.

Os trabalhos a realizar pelos/as alunos/as, sob a orientação dos/das docentes, deverão ter como referência obrigatória os princípios daConvenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e da Lei de Bases da Prevenção, Habilitação, Reabilitação e Participação das Pessoas com Deficiência, na apresentação de propostas de solução exequíveis e inovadoras.

O Regulamento e demais documentação de apoio às candidaturas, estão disponíveis no sítio do INR, I.P., http://www.inr.pt, no menu “Programas e Projetos”, “Escola Alerta!”.

                                             (   informações recolhidas de

 

A escola EB1/JI José Garcês vai participar neste concurso com o projeto "Intervir para Incluir" que desde o início do ano tem sido desenvolvido pelas docentes desta sala da unidade, com a colaboração de todos os docentes, não docentes e discentes da nossa escola, bem como com alunos/professores/direção do Agrupamento José Cardoso Pires, da Câmara Municipal da Amadora e da comunidade em geral.



A problemática foi desenvolvida com os alunos de uma das turmas e algumas das atividades realizadas, propostas por eles.


Com este projeto estamos a lutar por uma efetiva inclusão e pela não discriminação das pessoas em geral e das pessoas com deficiência em particular.




Em breve teremos o vídeo pronto a ser divulgado.

Aguardem as novidades..


sábado, 4 de abril de 2015

Comemoração do Dia do Pai

Um pouco tardio mas aqui ficam as imagens para recordar os nossos trabalhinhos para a comemoração do Dia do Pai. Entre o aperto da realização dos miminhos para a feira fizemos este mimo para o pai que também merece!!

video

quinta-feira, 26 de março de 2015

À Descoberta dos segredos...




Este vídeo foi realizado para vos dar a conhecer as soluções das "adivinhas". Estas foram lançadas numa outra publicação que vos mostrava os trabalhinhos em curso na unidade. Não estavam acabados, alguns não deixavam adivinhar o que dali iria sair... a ver vamos se alguém acertou nalgum!!



video

Feirinha da Páscoa

Ao longo destas últimas semanas andámos atarefados a preparar miminhos para vender na Feira da Páscoa da nossa escola, tal como havíamos aqui contado.
Mas faltava ainda terminá-los e mostrar o resultado final!
Também fizemos um bolo de maçã... hum...nham, nham!!!
Eis algumas fotografias das coisas bonitas que fizemos e que havia na feira para todos poderem comprar!

                                                  

Que  apetecível que ficou o nosso bolo! E não ficava nada mal na mesa dos doces...

  

 
     Os nossos colares, os alfinetes de peito e imãns também ficaram bonitos!




 Sem falar nas carteirinhas e nos ramos de flores...
Deu trabalho mas valeu a pena!Todos gostaram dos nossos miminhos.





Todas as turmas visitaram a Feira, cada uma na sua vez! Os nossos alunos foram com as suas turmas de referência.

                              
                       


             








No fim da Feira alguns meninos foram escolhidos para assistir ao sorteio do cabaz.
                            O Eliseu e o Jesualdo participaram todos contentes!


No final do ano letivo voltamos a repetir a Feira... estejam atentos às novidades!!

segunda-feira, 16 de março de 2015

Fichas para trabalhar o tema do dia do pai

Esta semana estamos debruçados sobre o tema do dia do pai.

Paralelamente à prenda que estamos a fazer e aos materiais ainda em fase de conclusão para a feira da Páscoa da escola, vamos fazer algumas fichas nos cadernos, como por exemplo:











Este é um tema que todos gostamos de trabalhar!



Crescem, crescem...

Hoje, quando chegamos à sala ficamos muito admirados...as flores que plantamos cresceram e estão viçosas. Regamos e registamos em fotografia o tamanho para depois podermos fazer comparações.


Mal podemos esperar para que floresçam...

Trabalhinhos da Páscoa

Como o prometido é devido, agora chegou a vez de publicarmos os trabalhinhos manuais que estivemos a fazer na nossa sala da unidade.

video